fbpx

2020 posterAs rondas finais do 29º Competiçâo Africano de Julgamento Fíticio sobre Direitos Humanos serão realizadas em Dakar, Senegal, e serão organizadas pela Université Virtuelle de Sénégal (UVS) e pela Université Cheikh Anta Diop de Dakar (UCAD) de 16 a 19 de dezembro 2020.


Comunicado de Imprensa: COVID-19

Devido os impactos da Pandemia COVID-19, os organisadores do Concurso Africano decidiram ajustar o formato e as datas da realização do Concurso em 2020.

As rodadas preliminares do Concurso Africano serão realizadas virtualmente (por videoconferência) de 10 de setembro a 23 de outubro de 2020 e as semifinais e finais serão realizadas em Dakar, Senegal, de 16 a 19 de dezembro de 2020. Se as circunstâncias prevalecentes não permitirem nas rodadas semi-finais e finais presenciais em Dakar, essas rodadas também deverão ocorrer virtualmente.

A preparação para o Concurso Africano Sobre Direitos Humanos foi lançada formalmente quando o Diretor do Centro de Direitos Humanos da Universidade de Pretória e os Reitores da Universidade Virtual do Senegal e da Universidade Cheikh Anta Diop, em 18 de outubro de 2019 assinaram o Memorando do Entendimento em Dakar, Senegal.

O concurso foi lançado oficialmente no dia 6 de dezembro de 2019, quando o Vice-Reitor e principal da Universidade de Pretória, Prof Tawana Kupe, assinou o Memorando de Entendimento (MOU) entre as três universidades parceiras.

O concurso será realizado em Inglês, Francês e Português.

Site Inglês   Site Francês

Sobre a Competiçâo Africano de Julgamento Simulado dos Direitos Humanos

O Concurso Africano Sobre Direitos Humanos é o maior encontro de estudantes, acadêmicos e juízes em torno do tema dos direitos humanos na África. Este evento anual reúne todas as faculdades de Direito em África, cujos alunos mais destacados discutem um caso hipotético de direitos humanos como se estivessem diante do Tribunal Africano dos Direitos Humanos e dos Povos. O Concurso visa preparar uma nova geração de advogados para argumentar casos de alegadas violações de direitos humanos perante o Tribunal Africano.

Desde sua criação em 1992, 170 universidades de 50 países africanas tomaram parte neste elemento permanente no calendário de ensino jurídico de África. O Moot tem sido um catalisador para o estabelecimento dos principais programas no domínio do ensino dos direitos humanos e da investigação em África. Em 2019, a 28ª edição do Julgamento Fictício foi acolhida pela Universidade de Botsuana. O evento que reuniu 47 equipas de 20 países Africanos.

Em 2020, o Moot realizar-se-á e será acolhido pela Université Virtuelle de Sénégal e Université Cheikh Anta Diop de Dakar. O caso hipotético abordará questões relativas a Inteligência artificial, proteção de dados e segurança cibernética, regulação de mídias sociais, liberdade de expressão e corrupção.


“AFRICA: DOS ERROS HUMANOS PARA OS DIREITOS HUMANOS”

  Facebook Home logo old.svg  instagram  twitter

  • Premium
  • Standard Compliant Channels
  • $100
  • Completely synergize resource taxing relationships via premier market
  • 10 GB of space
  • Support at $15/hour
  • Sign Up

2020 posterAs rondas finais do 29º Competiçâo Africano de Julgamento Fíticio sobre Direitos Humanos serão realizadas em Dakar, Senegal, e serão organizadas pela Université Virtuelle de Sénégal (UVS) e pela Université Cheikh Anta Diop de Dakar (UCAD) de 16 a 19 de dezembro 2020.


Comunicado de Imprensa: COVID-19

Devido os impactos da Pandemia COVID-19, os organisadores do Concurso Africano decidiram ajustar o formato e as datas da realização do Concurso em 2020.

As rodadas preliminares do Concurso Africano serão realizadas virtualmente (por videoconferência) de 10 de setembro a 23 de outubro de 2020 e as semifinais e finais serão realizadas em Dakar, Senegal, de 16 a 19 de dezembro de 2020. Se as circunstâncias prevalecentes não permitirem nas rodadas semi-finais e finais presenciais em Dakar, essas rodadas também deverão ocorrer virtualmente.

A preparação para o Concurso Africano Sobre Direitos Humanos foi lançada formalmente quando o Diretor do Centro de Direitos Humanos da Universidade de Pretória e os Reitores da Universidade Virtual do Senegal e da Universidade Cheikh Anta Diop, em 18 de outubro de 2019 assinaram o Memorando do Entendimento em Dakar, Senegal.

O concurso foi lançado oficialmente no dia 6 de dezembro de 2019, quando o Vice-Reitor e principal da Universidade de Pretória, Prof Tawana Kupe, assinou o Memorando de Entendimento (MOU) entre as três universidades parceiras.

O concurso será realizado em Inglês, Francês e Português.

Site Inglês   Site Francês

Sobre a Competiçâo Africano de Julgamento Simulado dos Direitos Humanos

O Concurso Africano Sobre Direitos Humanos é o maior encontro de estudantes, acadêmicos e juízes em torno do tema dos direitos humanos na África. Este evento anual reúne todas as faculdades de Direito em África, cujos alunos mais destacados discutem um caso hipotético de direitos humanos como se estivessem diante do Tribunal Africano dos Direitos Humanos e dos Povos. O Concurso visa preparar uma nova geração de advogados para argumentar casos de alegadas violações de direitos humanos perante o Tribunal Africano.

Desde sua criação em 1992, 170 universidades de 50 países africanas tomaram parte neste elemento permanente no calendário de ensino jurídico de África. O Moot tem sido um catalisador para o estabelecimento dos principais programas no domínio do ensino dos direitos humanos e da investigação em África. Em 2019, a 28ª edição do Julgamento Fictício foi acolhida pela Universidade de Botsuana. O evento que reuniu 47 equipas de 20 países Africanos.

Em 2020, o Moot realizar-se-á e será acolhido pela Université Virtuelle de Sénégal e Université Cheikh Anta Diop de Dakar. O caso hipotético abordará questões relativas a Inteligência artificial, proteção de dados e segurança cibernética, regulação de mídias sociais, liberdade de expressão e corrupção.


“AFRICA: DOS ERROS HUMANOS PARA OS DIREITOS HUMANOS”

  Facebook Home logo old.svg  instagram  twitter