fbpx

 

2023

32ᵃ edição do Concurso Africano de Julgamento Fictício sobre Direitos Humanos Christof Heyns
Universidade de Ciências e Tecnologias Kwame Nkrumah, Kumasi 
3 - 9 de Setembro de 2023
Kumasi, Gana 


O Concurso Africano de Julgamento Fictício sobre Direitos Humanos Christof Heyns é o maior encontro de estudantes, universitários e juízes sobre temas de direitos humanos em África. Este evento anual junta todas as faculdades de direito em África, cujos melhores estudantes pleiteiam um caso hipotético sobre direitos humanos  como se estivessem diante do Tribunal Africano de Direitos do Homem e dos Povos. O concurso visa formar continuamente as novas gerações de juristas para pleitear casos de violações presumidas de direitos humanos diante do Tribunal Africano.

Desde a sua criação em 1992, 150 universidades provenientes de 50 países Africanos participaram deste evento incontornável no calendário universitário africano. O concurso foi o catalisador do estabelecimento dos principais programas de ensino e pesquisa em direitos humanos em África. Em 2022 a 31ᵃ edição do concurso teve lugar na Universidade de Britânica do Egipto, em Cairo, Egipto. 45 equipas e 19 países africanos participaram.

Em 2023, o Concurso será organizado pela Universidade de Ciências e Tecnologia Kwame Nkrumah, Kumasi.

O caso hipotético aborda questões relativas à corrupção, direitos de minorias sexuais e práticas nefastas.

O concurso será realizado em Inglês, Francês, Português. e arabe.

Site Inglês   Site Francês

Sobre a Concurso Africano de Julgamento Fictício sobre Direitos Humanos

O Concurso Africano de Julgamento Fictício Sobre Direitos Humanos Christof Heyns é o maior encontro de estudantes, acadêmicos e juízes em torno do tema dos direitos humanos na África. Este evento anual reúne todas as faculdades de Direito em África, cujos alunos mais destacados discutem um caso hipotético de direitos humanos como se estivessem diante do Tribunal Africano dos Direitos Humanos e dos Povos. O Concurso Africano de Julgamento Fictício Christof Heyns visa preparar uma nova geração de advogados para litigar casos de alegadas violações de direitos humanos perante o Tribunal Africano.

Desde sua criação em 1992, 175 universidades de 50 países africanos tomaram parte neste elemento permanente no calendário de ensino jurídico de África. O Moot tem sido um catalisador para o estabelecimento dos principais programas no domínio do ensino dos direitos humanos e da investigação em África. Em 2022, a 31ᵃ edição do Concurso Africano de Julgamento Fictício Christof Heyns foi organizada em colaboração com a British University no Egipto e teve lugar no Cairo, entre 24-31 de Julho de 2022. 45 equipas representando 19 países Africanos participaram na edição de 2022.

Em 2023, o Concurso Africano de Julgamento Fictício Christof Heyns será acolhido pela Universidade de Ciências e Tecnologia Kwame Nkrumah, no Ghana. O caso hipotético tratará de problemas relacionados à corrupção, aos direitos das minorias sexuais e práticas nefastas.


Newsletter

 Subscribe to our newsletter